quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Bairro Candua, meliantes violam moradores


Duas famílias foram violadas depois de serem assaltadas no princípio da semana 18 à 25 de Junho por volta das 2horas da madrugada no bairro da Candua, localizada na fronteira entre os municípios de Cazenga e Sambizanga.

 

Os meliantes que penetraram através da cobertura da casa, faziam-se acompanhar de armas de fogo, duas pistolas, uma arma AKM, facas e um pau de Basebol americano, nas duas residências levaram três botijas de gás butano, uma máquina de lavar, dinheiro avultado em 70 mil Kwanzas e violaram duas cidadãs.

 

Das vítimas violadas na primeira residência está a mãe de 40 anos, e a filha de 13 anos de idade, tudo pela renitência demostrada por ela quando um dos meliantes exigiu, que o dessem o telemóvel escondido, posteriormente, um dos meliantes agarrou a força sua filha e estuprou-a.

 

Os vizinhos de nada puderam fazer para intervir, senão ligar a polícia, uma vez os meliantes encontravam-se fortemente armados, em contrapartida, a comunicação com a polícia não surtiu efeito desejado, facto, que fez com que os meliantes perpetrassem noutra residência vizinha, há seis metros de distância.

 

No assalto perpetrado na casa vizinha, os amigos do alheio, somente levaram dinheiro, e como se não bastasse, violaram uma jovem de 16 anos, gravida de seis meses, e na mesma, os vizinhos nada poderam fazer, tão-pouco a polícia acorreu ao incidente, para socorreu aquelas famílias, que se encontram, agora em estado de choque, e traumas emocionais.

 

A mãe violada apresenta ferimentos em quase toda parte externa do troco, pelo facto de ter sido espancada, enquanto, que as duas adolescentes, estão sob cuidados médicos intensivos, em casa de seus familiares, pois, apresentam ferimentos entre os órgãos genitais.

 

O Factual ouviu alguns dos familiares assaltados naquele bairro, que manifestaram-se lesadas e desprezadas pelo facto de não terem sido socorridas a tempo pela polícia, e acrescentam não se tratar da primeira vez que sofrem tais actos no bairro, pois os meliantes têm do bairro da Candua a vítima das suas necessidades por falta de policiamento e luz eléctrica.

 

Moradores do bairro Candua, pedem que se faça uma recolha policial imediata, por considerarem perigoso o bairro que alberga mais de 9 mil famílias.

 

Lorena da Silva de 60 anos disse ao Factual, que necessitam da presença da polícia durante toda a noite, dado número de violações, assaltos e a falta de luz eléctrica na zona.

 

O Factual procurou saber da 31ª Esquadra policial, cita nas há dois Km de distância do bairro, estes revelaram que os seus agentes não estão autorizados para o policiamento daquele perímetro entre os bairros Petrangol, Mabor e arredores do mercado dos Kwanzas.

Sem comentários:

Enviar um comentário