quarta-feira, 5 de julho de 2017

Os ideota são sonhadores

Já não é necessário, sentar para escrever um livro. Nunca foi útil descrever as viagens em livros, sob pena de forjar as linhas de elogios, quando as nossas falhas e ilusões sobrepõe a responsabilidade de historiografar uma sociedade. 

hoje os livros nascem por implicações ideológicas, mais próximas dos motivos partidários, e distantes das razões pedagógicas ou utilitárias. Este topo da realidade, é visível em Angola; onde existem sonhadores e aventureiros, que ousam parir ideias fora de uma união de escritores conceituados.

Estes sonhadores são verdadeiros ideotas (idealistas), mesmo sendo pobres financeiramente chegam a obrigar um metade da sociedade a ler um pedaço de suas histórias!

Sem comentários:

Enviar um comentário