sexta-feira, 30 de junho de 2017

dois parágrafos do meu romance - 3 capítulo (não corrigido)

$
CAPÍTULO 3
                No restaurante, Praia do Chocolate foi o local escolhido para Júlia, malone e BDwarth matarem as aspirações do fracasso. Educadamente o Garson jogou o Menu á mesa, Júlia pediu sem pestanejar um mufete, BDwarth uma feijoada e a bifana serviu para o estômago de Malone.
                Depois da refeição Júlia pagou a conta da casa, mas no meio do almoço ela mostrou-se desanimada, esmorecida, por não conseguir ajudar a tempo na detenção dos prevaricadores.

                – Um grupo de raparigas estão como alvo de um assassinado, de um suposto traficante, e a polícia atrasa nas investigações. Uma criança morre a meio do caminho do controlo policial, e nenhum popular da Vila de onde era residente se indigna com o sucedido, e a polícia manteve-se incubada aos fardamentos e despachos, rematou Júlia, cabisbaixa, num gesto filosófico de quem espera uma resposta imediata a sua volta. 

Sem comentários:

Enviar um comentário