sexta-feira, 30 de junho de 2017

dois parágrafos do meu romance em edição cap-2 (não corrigido)

$
CAPÍTULO 2

               Sentada sobre o passeio do edifício da Morgue Maria Pia, estavam Mariana de 12 anos, Panxa de 14, Luzia de 13 e Ana de 12. Um funcionário da Morgue olhou com desdém ao grupo de raparigas como se as mesmas fossem as causadoras de seu mal-estar da noite passada, quando as luzes se apagaram no corredor da Morgue. Era tarde, 18h30, quando o celular do detetive Malone tocara.
– O corpo já está na Morgue, sala 5, corredor X, camara 70.

– Que coincidência (...) frangiu a testa Malone, reagindo a sms no display do celular. – Esta é a minha data de nascimento, retrucou ele, que nasceu a 10 de Otubro de 1970, e no dia seguinte o calendário marcava 44 anos. Malone olhou-se ao espalho, acariciou lentamente o rosto, como se sentisse a nostalgia dos primeiros anos da frequência universitária. Tirou a roupa, e jogou-se ao velho banheiro de sua casa, que ganhara como símbolo de sua promoção na corporação. Como sua esposa não estava decidiu fazer um Chocapique e a seguir descansar para recuperar as energias.   

Sem comentários:

Enviar um comentário