quarta-feira, 22 de março de 2017

AGARRA-ME, COMO GOSTO!


Numa madrugada em geladas pétalas 
Acordei entre os sonhos da sua 
virgem imagem!

Assumi o entardecer das suas 
promessas escritas no facebook!
Já não é um sonho,
o que sinto nas minhas veias 
intravenosas (…)
Sua imagem é a alegoria cerebral da 
minha memória!

Não é miragem 
que se apague com fragilidade da vida!
Pois é a verdade, que vence a utopia e a 
liberdade do desejo de te amar!

Hoje, agora e neste instante
Desafio os deuses gregos para trazer-te ao
limite das paixões, e vou cantar em chines 
para seres a patroa das minhas ilusões!
A advogada das minhas cumplicidades exóticas!

Agora sou o seu erro, 
O diabo da sua santidade! 
Faça de mim tudo que estiver ao seu poder

BUSSULO DOLIVRO

Fortaleza de São Miguel, Fevereiro 2014

Sem comentários:

Enviar um comentário