quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Práticas Educativas e pensamento operatório de Jean Drevillon

PRÁTICAS EDUCATIVAS, E PENSAMENTO OPERATÓRIO
Obras de bussulo Dolivro


Se há questões controversas em psicopedagogia, a influência das práticas educativas sobre o desenvolvimento dos alunos é uma delas.

O trabalho de investigação apresentado nesta obra incide precisamente sobre os efeitos dos procedimentos pedagógicos utilizados em meio escolar sobre a evolução do pensamento operatório, no sentido piagetiano do termo. No âmbito de uma psicologia ecológica, é atribuído u amplo lugar à exposição das técnicas de estudo das situações escolares.

A investigação de Jean Drevillon permite igualmente evidenciar a grande diversidade de vias de aprendizagem nos alunos de idade compreendidas entre 9 e 13 anos. Parece impor-se uma psicológica genética diferencial. Fica demonstrado que há práticas educativas, principalmente as de tipo activo e flexível, modulam o desenvolvimento operatório de modo especial.

A pedagogia da descoberta agiria melhor fornecendo ingredientes intelectuais e activando sistemas funcionais. Mas a estruturação das operações mentais, seguindo pistas muito variadas, parece permanecer apanágio do sujeito em situação de aprendizagem. Continua em aberto a questão de saber em que medida é a escola susceptivel de ter em conta a diferença para ser verdadeiramente a fonte em que se alimentam as múltiplas formas de inteligência.
Jean Drévillon

  

Sem comentários:

Enviar um comentário