sexta-feira, 15 de junho de 2012

JORNALISTA DO FACTUAL ESCAPA DE UM ACIDENTE


JORNALISTA DO FACTUAL
ESCAPA DE UM ATENTADO BOMBA



Na noite do dia 11 à 12 de Junho, por volta das 22horas, uma granada foi lançada na residência que alberga a família de F. Bussulo, Jornalista do Semanário Factual, por indivíduos desconhecidos na comuna do Kikolo, município de Cacuaco.

 Na casa estavam os quatro irmãos e a mãe do Jornalista, que ouviram o baralho, porém ignoraram por se tratar de mais um daqueles truques infantis das crianças de jogar pedras sobre o teto, mas a instância e o barulho do material ao cair sobre o teto, foi bastante estranho.

No dai seguinte, por volta das 8horas, Júlio Bussulo, seu irmão verificou no telhado, e deparou-se com uma granada RD5 de fabrico Russo, o medo embalou o jovem que acorreu em busca de socorro ao posto policial da 41ª Esquadra de Cacauco, sem sucessos, motivou-se a pegar o objecto pesado e estranho, e de seguida encaminhou até aquele posto da 41ª esquadra.

Ao chegar no posto policial da Boa Esperança, pertencente à 41 Esquadra, Júlio Bussulo apresentou-se e fez saber aos agentes que lá estavam sobre a aparição da granada por cima do teto. Sem explicar as origens da aparição. Os agentes, que não o interrogaram, pegaram no objecto e guardaram consigo.

 Os vizinhos receiam tratar-se de uma das falcatruas dos delinquentes, enquanto, outros, supõe tratar-se de uma perseguição ao Jornalista, que quase foi alvo de espancamento no final do ano passado por uma administradora comunal, quando foi confundido com um Jornalista da Despertar.

 Francisco Bussulo, que não se encontrava em casa naquela noite, disse aos seus amigos, e familiares que não tem problemas com as pessoas, e que nunca foi motivo de discórdia política, embora grande parte das reportagens publicadas pelo Jornalista àquele Semanário, sejam motivos de grandes leituras e debates sociaio-políticos, mesmo tratando-se de assunto relativos a integração social e desenvolvimento comunitário. O que é normal para qualquer país.

Sem comentários:

Enviar um comentário